Quando escovar e trocar a escova de dente do seu filho

Desde o aparecimento do primeiro dente, os pais devem escovar os dentes do seu filho durante dois minutos, duas vezes por dia.

A cárie é uma doença comum da infância, portanto é importante você ensinar a seu filho desde muito pequeno a importância de manter uma boa higienização bucal, e ela começa desde bebê (salvo enquanto ele mamar exclusivamente no peito, já que o leite protege a região bucal contra bactérias), com a limpeza da gengiva. Assim que seu filho deixar de mamar exclusivamente no peito, já é preciso começar a escovar os dentes dele. O mais indicado é fazer a limpeza da boca dele com gaze ou fralda de tecido seca ou umedecida com água filtrada. Aí, basta massagear a gengiva suavemente. Caso você opte pela dedeira, será preciso lavá-la e esterilizá-la depois do uso.

Após o primeiro ano, a rotina alimentar já estará mais definida, será necessário então fazer a higiene bucal três vezes ao dia, sempre depois das refeições.

Recomendações para a higienização bucal de acordo com as idades: 

  • Desde o aparecimento do primeiro dente, os pais devem escovar os dentes do seu filho durante dois minutos, duas vezes por dia, usando uma escova de dente para crianças de cerdas suaves e uma gota de creme dental sem flúor.
  • As crianças maiores de dois anos devem usar creme dental com flúor para ajudar a evitar a cáries enquanto seus dentes se desenvolvem.
  • Supervise seu filho até que tenha adquirido bons hábitos de escovação. Recomenda-se que escove durante dois minutos, focando-se nos dentes que mais são usados durante a mastigação e nos dentes posteriores, que é onde geralmente se desenvolvem as primeiras cáries. Os dentes permanentes começam a aparecer na idade de cinco anos, por isso é importante usar um creme dental com flúor.

Dicas de quando trocar a escova de dente infantil:

Crianças ADORAM MASTIGAR AS CERDAS das escovas de dente, o que diminui a vida útil da peça.

  • Para avaliar se a escova dental continua em condições de uso, observe se as cerdas ainda estão alinhadas, se não sofreram alteração de posição devido à pressão exercida durante a escovação ou, no caso das crianças, com a mastigação das cerdas.
  • Observe se as cerdas estão com pigmentação escurecida (coloração diferente).
  • O tempo certo para a troca da escova de dente varia muito, desde 1 semana até 3 meses, sempre lembrando de não passar dos 3 meses.
  • Também é importante lembrar de trocar de escova após um resfriado, infecção na região bucal ou dor de garganta, pois os germes podem se alojar nas cerdas da escova e levar à reinfecção se você continuar utilizando essa escova.

Recomendo-se a troca da escova do seu filho quando ela estiver com as cerdas abertas (mordida), meio escurecidas, quando a criança teve um resfriadinho, ou quando já se passaram os 3 meses de uso, mas este último caso é mais raro, pois com crianças, a durabilidade da escova é quase zero, algumas usam a escova para tudo, menos escovar os dentes; outras mordem a escova em vez de realmente escovar os dentes.

Quanto ao uso do fil dental, para que seu filho se acostume a usá-lo, você deve passá-lo desde cedo, à medida que o dente for nascendo um do lado do outro. Ele não só elimina restos de alimentos como remove a placa bacteriana. O fil deve ser usado diariamente (ou pelo menos em dias alternados).

FONTE: Almanaque dos Pais

 

Atenciosamente,

Isabel Almeida Freire C. Sousa

Fonoaudióloga da Toca da Criança

CRFa-CE: 5140