O que devo levar na lancheira do meu filho?

O lanche da criança deve atender, no mínimo, 20% das necessidades nutricionais.

 

As aulas começando, surgem as dúvidas sobre o que levar na lancheira do seu filho(a). O lanche da criança deve atender, no mínimo, 20% das necessidades nutricionais. Dentro da lancheira deve ser colocado:

• um líquido: para repor as perdas nas atividades físicas: sucos, chás ou água de coco engarrafados, preferencialmente sem açúcar para os menores de 2 anos;
• uma fruta: práticas para consumir com casca (maçã, banana, pera, morango, uva);
• um tipo de carboidrato: fornecer energia como: pães (integral, fôrma, sírio), cuscuz, tapioca, bolos caseiros, geleias caseiras;
• um tipo de proteína: proteínas lácteas: queijos, requeijões, iogurtes (somente se for possível manter em temperatura adequada);
• evitar: salgadinhos de pacote, refrigerantes, sucos de caixa, isotônicos, balas, bolos com recheios e cremes, frituras, bolacha recheada, bolachas doces e salgadas.

No período escolar há muita variação do apetite, então coloque a quantidade que a criança costuma aceitar. Se não comeu todo, fiquem tranquilos, pois a criança regula a sua ingestão nas demais refeições. A alimentação é parte do processo educativo e é uma parte importante do desenvolvimento infantil inicial da criança. Assim deve permitir tocar, sentir as formas, sabores e texturas, cheirar, olhar, ou seja, explorar o alimento!

Segue algumas dicas de organizar a lancheira:

• lave bem a fruta e, para facilitar o seu consumo, pode parti-la em pequenos
pedaços e colocá-la numa caixa;
• embale os alimentos separadamente;
• prefira lancheiras ou marmitas térmicas (ou gelo seco) para que a temperatura dos alimentos refrigerados se mantenha por mais tempo, como os iogurtes;
• não se esqueça dos guardanapos, colher para o iogurte e garfo para a fruta, quando aplicável;
• os recipientes que as acompanham em geral não são térmicos, mas, se a criança levar suco em garrafa, é preciso que ela seja térmica para que a bebida não perca suas vitaminas;
• quando a criança chegar da escola é hora de verificar a lancheira. Além de ver o quanto ela comeu, é preciso limpar os recipientes e o acessório;
• todos os dias, deve ser passado um pano com água e álcool (70%) e uma vez por semana a higiene deve ser com água e detergente.

Para maiores informações procurar o Setor de Nutrição.

Atenciosamente,
Natália de Souza Silva
Nutricionista da Escola-Creche Toca da Criança
CRN 6 – 9030